Newsletter
Notícias

Prefeitura de Contagem (MG) distribui carrinhos para a coleta seletiva

24/05/2019

A prefeitura de Contagem, em Minas Gerais, pensando nas pessoas que contribuem para a coleta seletiva da cidade, vai distribuir carrinhos para os catadores de materiais recicláveis da cidade. Carrinhos estes, mais leves que facilitará o trabalho deles.

A distribuição dos novos carrinhos faz parte do pacote de melhorias da Secretaria Municipal de Trabalho e Geração de Renda (SMTGR) que será realizado nos três galpões da Associação de Catadores de Material de Reciclagem de Contagem (Asmac).

Serão entregues 18 carrinhos de duas rodas para coleta que ajudarão os catadores a realizarem o seu trabalho no dia a dia. A Asmac receberá 44 carrinhos para transporte de bags, três carrinhos para transporte de materiais empilháveis, seis carrinhos plataforma, uma mesa de triagem, duas balanças eletromecânicas e três tendas. Tudo será entregue na segunda quinzena de junho.

Os recursos foram obtidos pelo Fundo Municipal de Trabalho e Renda Solidária, ligado a secretaria. Os equipamentos atendem as regras de segurança da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

“Os carrinhos vão melhorar a qualidade dos serviços e a nossa segurança. A mobilidade dentro dos galpões, principalmente para os catadores idosos, será mais tranquila com os equipamentos modernos que vamos receber, sem falar nos catadores que estão nas ruas de Contagem. Trabalho há dez anos no galpão do Perobas e sei o quanto será importante para todos nós”, comemora a catadora Erci Maria Gomes Ribeiro, de 62 anos.

Capacitação

Após licitação, a empresa YKS, de consultoria estratégica e técnica na área de sustentabilidade, fez um diagnóstico e a capacitação dos catadores, que são agentes somatórios no trabalho e zelo ao meio ambiente. Em seguida, foi aberta nova licitação para a compra dos equipamentos.

"Ao analisar as condições dos catadores, na maioria das vezes precária, e sabendo que eles são trabalhadores essenciais para o Município, foram adotadas políticas públicas para profissionalizá-los, prestando assistência técnica e fornecendo capacitação, para que cada vez mais eles se tornem uma força empreendedora em Contagem”, ressalta o assessor de inovação e gestão da SMTGR, Fábio Dias Reis.

Além da coleta seletiva, os catadores atuam na triagem, classificação, processamento e comercialização dos resíduos, contribuindo de forma significativa para a cadeia produtiva da reciclagem. “A Prefeitura tem que incentivar os catadores. Também precisamos da colaboração de cada pessoa em casa, na separação e limpeza dos materiais, assim como de empresas, direcionando o material para as associações e cooperativas. Essa atitude contribui não só para a diminuição dos resíduos descartados, mas com o aumento da geração de renda”, destaca o secretário Municipal de Trabalho e Geração de Renda, Fredim Carneiro.

Em Contagem atuam 80 catadores. São coletadas aproximadamente 100 toneladas por mês, o que contribui com o aumento da vida útil do aterro sanitário, além de diminuir o descarte em vias públicas e outros locais impróprios. Além desses catadores, a coleta seletiva também é feita pela Prefeitura em 20 bairros. "Essa parceria é fundamental na inclusão social e preservação do meio ambiente”, afirma o secretário Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Wagner Donato.

O Tempo