Newsletter
Notícias

PRIMATO: Parceria entre cooperado e cooperativa em Catanduvas

14/09/2020

Um dos principais alicerces de qualquer atividade econômica é feito através das parcerias comerciais, afinal, quando se trabalha de forma correta, otimizando os recursos e a propriedade, ter um parceiro que represente e valorize todo o esforço dedicado é fundamental para se ter os melhores resultados.

Quando se fala em representatividade, a cooperativa é o elo mais forte com seu cooperado para o desenvolvimento da atividade, em especial da pecuária leiteira. Famílias cooperadas que atuam juntas fazem a diferença, tanto no resultado quanto no desenvolvimento desta importante atividade do agronegócio do Paraná.

Entender o processo de atuação e participar efetivamente das ações da cooperativa proporcionam parcerias duradouras e de sucesso, principalmente na produção e como consequência, nos resultados.

Um ótimo exemplo de parceria e trabalho em família vem do cooperado Abraão Motta, da Linha Padovani, em Catanduvas (PR). Desde 2008 a Família Motta faz parte do quadro de cooperados da Primato. “Quando a Primato veio para Catanduvas nos associamos e fazemos quase todos os negócios. Nossa propriedade tem uma área de 8,8 alqueires, com a atividade leiteira como principal”, explicou Abraão. No trabalho dentro da propriedade atuam a esposa Seni Cardoso Motta e seus dois filhos, Cleverson e Cleiton Motta.

Com relação à nutrição animal, o cooperado fez questão de destacar a ração da Primato na produtividade e na sanidade do plantel. “Temos um plantel de 93 animais, sendo 47 em lactação, com uma média geral diária de 24 litros cada”, enalteceu Motta, que complementou “há quase cinco anos utilizamos a ração Prima Raça 22% especial e desde então percebemos que a sanidade dos animais está muito melhor, sem contar que a nossa média de leite aumentou e trouxe mais qualidade, então, classifico ela como uma das melhores que já utilizei”.

Com relação com a parceria com a cooperativa, o cooperado destacou a importância do relacionamento, independente do local. “Sou cooperado da Primato há 12 anos e estou contente com a parceria. Com o fechamento da unidade de Catanduvas, estamos recebendo toda a assistência da unidade de Guaraniaçu e fazendo os negócios por lá, sendo que aqui continuamos tendo as visitas técnicas e comerciais normalmente”, enfatizou o cooperado que concluiu, “por isso acredito que fazer parte de uma cooperativa é importante, porque além da representatividade, temos boas negociações, produtos de qualidade, uma ração de ponta, assistência técnica, enfim, um conjunto de vantagens para nós que somos pequenos produtores. Sem contar que temos ainda a questão das sobras todos os anos, algo importante em nosso orçamento”.

Imprensa Primato