Coperpan promove ação social na cidade de Panamá

Cerca de 20 famílias de Panamá, cidade no Sul de Goiás, distante 177 km de Goiânia, estão sendo beneficiadas com uma relevante ação social fruto de parceria entre a Cooperativa Mista dos Agropecuaristas da Região do Panamá (Coperpan) e o laticínio Marajoara. 


O projeto, idealizado pela juíza da comarca de Panamá, Lívia Vaz da Silva, oferece leite às famílias de baixa renda do município para melhorar o nível nutricional das crianças. A cada dois meses, são doados 720 litros de leite. 


A juíza explica como surgiu a iniciativa. "Temos famílias muito numerosas e isso é um problema. Esse projeto consiste em oferecer a essas famílias uma oportunidade de melhorar a nutrição das crianças e, consequentemente, lhes oferecer mais saúde e qualidade de vida", afirmou a magistrada. Atualmente com 110 cooperados, a Coperpan capta cerca de 20 mil litros de leite por dia. 


O volume é integralmente comercializado com o laticínio Marajoara, desde o início das atividades da cooperativa, em agosto de 2010. O presidente da Coperpan, Renê da Mota Oliveira, conta que a cooperativa sempre procura colaborar com ações desenvolvidas na cidade. "Quando tomamos conhecimento desta ação social, decidimos pedir o apoio da Marajoara para colaborar com essas famílias. É uma forma de participarmos da vida social de nossa comunidade e contribuir um pouco para o desenvolvimento local", afirmou o presidente. Segundo ele, os cooperados ainda aprovaram em assembleia a construção da loja agropecuária da cooperativa, que deverá estar pronta até o fim deste ano. Além disso, visando à melhor qualidade do leite captado, foram adquiridos 12 resfriadores de leite, que são oferecidos na modalidade de comodato aos produtores associados. "Esses equipamentos mantêm a temperatura e qualidade do leite. Estamos tentando substituir os latões pelos resfriadores. Com uma qualidade melhor, o produtor também tem condição de melhorar o preço do produto", afirmou o presidente.
OCB/GO Com informações do laticínio Marajoara
comments powered by Disqus