Newsletter
Notícias

FGCoop comemora dez anos de proteção ao Ramo Crédito

10/07/2024

Em 2024, o Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) celebra seu décimo aniversário, consolidando seu papel essencial na proteção dos cooperados e na contribuição para a solidez e perenidade do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC). Desde sua criação, em 2014, o FGCoop é uma parte fundamental da rede de proteção ao Sistema Financeiro Nacional (SFN).

Ao longo de sua trajetória, o FGCoop buscou cumprir um pilar importante para o cooperativismo de crédito e contribuiu para a confiança dos cooperados e para a robustez do  sistema cooperativo. Em uma década, o FGCoop se mostrou sempre comprometido com a missão de proteger e fortalecer o cooperativismo de crédito no Brasil.

Nascido a partir da Lei Complementar (LC) 130/09, que atribuiu ao Conselho Monetário Nacional a competência para disciplinar fundos garantidores e vincular cooperativas a esses fundos, o FGCoop foi construído com base em rigorosa regulamentação. Técnicos do Banco Central e do Sistema OCB, através do Conselho Consultivo Nacional do Ramo Crédito (CECO),se reuniram para elaborar as bases que dariam segurança e credibilidade ao fundo.

Para Márcio Lopes de Freitas, presidente do Sistema OCB, a criação do FGCoop foi resultado de um esforço conjunto. "Em conversa com a diretoria do Banco Central, decidimos o que poderia ser feito para trazer mais segurança para o SNCC, e o fundo garantidor foi uma conquista que fortalece, desde então, o nosso sistema cooperativo", disse.

Manfred Dasenbrock, ex-presidente do Conselho de Administração do FGCoop entre 2014 e 2016, ressaltou a importância do Sistema OCB na consolidação do fundo. "O Sistema OCB acolheu o FGCoop como o primeiro endereço de funcionamento, destacando sua relevância para o cooperativismo de crédito no Brasil", declarou.

Por sua vez, o diretor executivo do FGCoop, Adriano Ricci, acredita na resiliência do cooperativismo, especialmente em tempos de crise. "Nossos depósitos acontecem a partir do instinto de preservação das pessoas, de poupar e de aumentar o crescimento do movimento com novos cooperados. O cooperativismo está sempre presente na vida das pessoas, oferecendo segurança e confiança", afirmou.

Como diretor de fiscalização do Banco Central do Brasil, Ailton Aquino, destaca a importância do FGCoop. "O FGCoop é um elemento de credibilidade para o sistema de cooperativas brasileiro e nasce em paralelo ao Fundo Garantidor de Créditos, que assegura os depósitos de instituições financeiras".

Sistema OCB