Newsletter
Notícias

Cooperativa da agricultura familiar lança no mercado cerveja artesanal de com nibs e rapadura

01/06/2021

A cerveja artesanal Cabruca é o mais novo lançamento da Cooperativa de Serviços Sustentáveis (Coopessba), localizada em Ilhéus, no Litoral Sul da Bahia. A cooperativa, que já está consolidada no mercado, com os chocolates veganos que trazem a marca Natucoa, aposta no novo produto para aumentar o faturamento da organização, em até 30%.

Com uma fórmula desenvolvida especialmente para a Natucoa, a cerveja artesanal Cabruca, tem a essência da Mata Atlântica e o principal ingrediente é o nibs de cacau, o chocolate em sua forma mais pura e menos processada. É uma cerveja IPA, de alta fermentação, harmonizada com a rapadura, que deixa a bebida mais suave.

Segundo a presidente da Coopessba, Carine Assunc¸a~o, a expectativa é grande: “Mal lançamos e a cerveja Cabruca já vem tendo um alcance bem significativo. Esperamos aumentar em 30% o nosso faturamento com mais esse produto. A cerveja pode impulsionar e abrir o mercado também para os outros produtos do portfólio”.

O economista e presidente da Confederação Nacional dos Urbanitários, Paulo de Tarso, é consumidor de cerveja há muitos anos e aprovou a nova cerveja da agricultura familiar: “A cerveja Cabruca é de alta qualidade. Mata a sede e a ansiedade dos consumidores. Seu gosto ao mesmo tempo amargo e doce faz com que haja uma satisfação grande para os apreciadores do produto. Combina com o tempo mais frio e mais quente. Muito boa e saborosa”.

A cerveja Cabruca passa a integrar o catálogo da Natucoa, composto por barras e gotas de chocolates veganos nas verso~es de percentual de 56%, 70% e 80% de cacau, barras de chocolate com licuri, nibs, cacau em po´, chocolate em po´ e geleias de cacau com pimenta. Com a venda dos chocolates, em 2020, o faturamento da cooperativa foi de R$ 680 mil.

O cacau que dá origem a esses produtos é produzido em sistema ecolo´gico de cultivo agroflorestal, caracterizado pela forma de plantio em meio a' Mata Atla^ntica, sem prejudicar a preservac¸a~o do bioma. Os chocolates e nibs possuem o Selo de Identificação Geogra´fica Cacau Sul Bahia, que garante a procede^ncia do cacau, a sua rastreabilidade e padro~es de qualidade de fermentac¸a~o, manejo e tratamento das ame^ndoas. Os produtos sa~o processados utilizando as menores taxas de aditivos qui´micos, conservantes, aromatizantes, ou qualquer outro aditivo que desencadeie algum tipo de intolera^ncia.

A Coopessba vem sendo apoiada pelo Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, com investimentos de R$2,5 milho~es em ac¸o~es que incluem o aumento da capacidade produtiva da cooperativa, o acesso a novos mercados, estratégias de branding e desenvolvimento de embalagens para os produtos. Os recursos também são aplicados na capacitac¸a~o da equipe de vendas nos mercados atacadista e varejista, e no serviço de assiste^ncia te´cnica e extensa~o rural (Ater), que ajudou na qualificac¸a~o e no aumento da produc¸a~o, e a assiste^ncia te´cnica e gerencial (Ateg), que contribuiu com a melhoria da gesta~o.

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), cofinanciado pelo Banco Mundial.

Ampliação de pontos de venda

A cerveja e outros produtos da marca Natucoa podem ser adquiridos na primeira franquia da marca, que será inaugurada nesta quarta-feira (02), no município de Itacaré, na Pituba. A cooperativa também lançou um quiosque itinerante, que teve sua primeira parada no Shopping Jequitibá, em Itabuna. Um novo recurso para a apresentação e comercialização de produtos da marca Natucoa, onde o público pode adquirir, além da cerveja, outros produtos.

A presidente da Coopessba, Carine Assunção, explica que o intuito da franquia e do quiosque é dar mais visibilidade o Cacau Sul Bahia, de origem: “Somos cooperativas da agricultura familiar e queremos levar o nosso chocolate ‘bean to bar’, com um chocolate regional. Porque quando se chega em qualquer espaço, até mesmo em Itabuna ou Ilhéus, aqui no Litoral Sul, os chocolates que a gente vê são de grandes marcas, não tem chocolates de pequenos produtores. Estamos levando produtos do sul da Bahia para serem mais conhecidas”.

Os produtos podem ser adquiridos por consumidores de todo o Brasil pelo site www.natucoa.com.br. Em Salvador, é possível receber em casa com pedidos feitos pelo site coophub.com.br.

Assessoria de Comunicação SDR/CAR